Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Youtubeplay db0358e6953f0d0ec2cd240bca6403729d73b33e9afefb17dfb2ce9b7646370a
Imagem de um logotipo pro biofeedback

Biofeedback do Mural Interativo da PEC 65

Como resultado do Mural Interativo de Maio sobe a atualização da Lei de Licenciamento Ambiental, o PETBio realiza o Biofeedback, com análise dos resultados e discussão sobre o que isso representa para a comunidade. Você respondeu a pesquisa?

Ótimo, veja como a sua participação motiva o PETBio.

Se você não participou, participe na próxima e contribua para a mudança social e cultural da comunidade acadêmica, o PETBio trabalha por vocês!

Do contexto:

O Grupo PETBio há quase um ano vem promovendo ações educativas por meio de murais interativos com participação da comunidade acadêmica da Biologia da Universidade Federal de Goiás. O tema do mural do mês de maio foi sobre a PEC 65/2012, popularmente conhecia como a proposta que “derruba a lei do licenciamento ambiental”, de autoria do senador Acir Gurgacz do Partido Democrático Trabalhista (PDT), que determina que nenhuma obra poderá ser suspensa caso apresente um
Estudo de Impacto Ambiental (EIA).

 

Da execução:
A partir disto, os integrantes do grupo PETBio procuraram informações sobre o tema e o quão impactante isso poderia ser à sociedade. O mural foi montado no site do grupo (petbio.icb.ufg.br) no dia 17 de maio de 2016 com links (descritos a seguir) que direcionavam os internautas a diferentes textos de diversas vertentes sobre o tema, favoráveis e desfavoráveis à mudança da lei. Após a leitura das páginas indicadas, os internautas foram convidados a participar de um questionário no qual o participante se identificava com seu nome, área de atuação/curso e respondia à três perguntas, relacionadas ao assunto onde o mesmo exporia opinião sobre o tema.

Também foi montado um mural físico com uma chamativa árvore do conhecimento convidando os transeuntes a se inteirarem do assunto e responderem o questionário online no site. O mural físico foi fixado no corredor principal do Instituto de Ciências Biológicas IV, onde está localizada a copiadora da Biologia e o respectivo centro acadêmico, com um fluxo intenso de estudantes e funcionários. Nele, foram estampadas opiniões de internautas favoráveis e desfavoráveis ao tema, encontrados em sites nos quais o mesmo era divulgado, além de links para textos jornalísticos sobre o assunto.

Da divulgação:
O mural interativos foi divulgado nas redes sociais pessoais dos petianos e na fanpage do grupo no facebook.

 

Do objetivo da ação:

O objetivo do mural inicialmente foi saber a opinião dos acadêmicos da Biologia e comunidade em geral sobre a atualização da Lei de Licenciamento Ambiental, já que o tema é bastante pertinente aos cursos de Biologia e Ecologia, que são os cursos que mais possuem alunos transitando pelo Instituto onde o mural foi alocado.

Do resultado:

O questionário ficou aberto no site até o dia 28 de maio de 2016. Foram contabilizadas 27 participações, dentre elas 13 eram de integrantes do grupo PETBio, 4 de estudantes da Biologia, 9 que não faziam parte da comunidade do Instituto de Ciências Biológicas e 1 anônimo. Todas as participações foram negativas em relação à atualização da Lei de Licenciamento Ambiental.

biofeedback

Da interpretação dos resultados:

O resultado obtido nos remete à algumas interpretações, uma delas é sobre o pouco interesse dos estudantes de Biologia ou Ecologia em participar de ações sobre temas relevantes da área. Um exemplo, sabendo que o curso de Ciências Biológicas tem hoje 478 alunos matriculados, sendo 174 da modalidade bacharelado 304 na modalidade licenciatura distribuídos entre os turnos integral e noturno. Ter um equivalente à 4 alunos participantes, é no mínimo preocupante, pois houve ampla divulgação do mural e do questionário (seja on line ou fisicamente), ressalta-se que eram somente 3 questões, e que levava, no máximo, 10 minutos para responder todas. 

Ao considerar, enquanto grupo PETBio, que estamos participando de um processo formativo de um profissional que será um formador de opinião na nossa sociedade, uma das preocupações do grupo nos direciona a uma discussão formativa mais profunda, que deverá ser estimulada dentro do ICB.

Contudo, se fizermos uma análise somente pontual usando esse resultado essa conclusão poderia ser incorreta. Para tanto, precisamos ter em mente que a formação do nosso profissional pode estar com falhas significativas, e nos remetendo para lançar à sociedade um biólogo/ecólogo com déficits de conhecimentos em conservação ambiental, em políticas públicas para o meio ambiente, entre outras áreas biológicas.

Precisamos também abrir nosso leque de discussão para o comportamento
dessa geração. Um comportamento dito T para uma geração dita Z. O que isso
significa?

COMPORTAMENTO T: é
encontrado em muitas pessoas,

não importa a faixa etária, que assumem o estilo de “ver a vida passar”, vem do inglês Testimony, ou seja, de testemunhar a vida, sem grandes ações, iniciativas ou pró-atividade para mudar os fatos a sua volta.

GERAÇÃO Z: são as pessoas nascidas a partir do ano 2000, que já nasceram tendo contato direto e constante com a internet, não sabem distinguir vida online e offline, acordam e dormem tendo a necessidade de dizer bom dia ou boa noite nas redes sociais. São imediatistas, querem tudo para agora, dinâmicos, exigentes, são críticos, mas com uma
crítica superficial, preferem ser
autodidatas, e não curtem hierarquia, e preferem horários de trabalho/atividades bem flexíveis.

comportamento t

Essa proposta do PETBio, ao conduzir o participante a leitura de textos para, então, fazer o questionário, foi uma estratégia ineficaz para o público-alvo. Se então, consideramos nosso público-alvo formado por uma geração Z, precisamos dar substrato para que essa geração tenha o conhecimento de fácil acesso, mas, nosso desafio em termos educacionais, é como fazer essa geração perder o comportamento T. Temos que ofertar conteúdo cientificamente correto, mas temos que estimular a leitura de mais que 50 palavras.

No plano educacional, o mural da PEC 65/2012 nos remeteu a uma reflexão muito mais pedagógica do que política. Não podemos omitir nossa frustação por negar nossa hipótese de trabalho, pois acreditávamos pela gênese dos cursos do ICB e pelo conteúdo preocupante da PEC para o meio ambiente para a sociedade como um todo, que teríamos uma grande participação dos acadêmicos. Contudo, na ciência o desafio e a beleza residem, principalmente na discussão dos resultados, é como beber do conhecimento, é o momento que o cientista abre a mente para as possibilidades, para a análise, e quando os resultados fogem dos esperados, então o encantamento da ciência ocorre, e nosso mural da PEC nos remeteu a pensar, e pensar é uma característica tão nossa, do Homo sapiens, nosso córtex frontal e todo nosso aparato cerebral é para isso, é para pensar, também! Então, Voilà, a beleza do pensar!

O grupo PETBio também se volta para si, e analisa criticamente o processo do mural, o tempo para a participação, a divulgação, e entende que foram adequados. Contudo, como não temos ferramentas para mensurar essa autocrítica buscaremos no próximo mural, aumentar o período de divulgação, assim como a estratégia da mesma.


Como toda ação do PETBio gera uma retorno, o biofeedback desse mural foi apresentado à comunidade, também como forma de aumentar a participação nos nossos murais interativos.

Do agradecimento:

Agradecemos pela participação dos interessados, ao ICB pela disponibilidade do espaço para colocar o mural e para UFG em hospedar nosso site.

Links para consulta:

Educação Ambiental - Google Books

CONCEPÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA: UMA ANÁLISE DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA (UEL/PR)

GERAÇÃO Z


Referência


Bulgari, M; Leite, C.R.; Stella, R.V. Reflita, prepare-se, opine para evitar “comportamento T”. Disponível em: <http://gerenciamentodotempo.com.br/reflitaprepare-se-opine-para-evitar-comportamento-t/> . Acesso em: 27 de julho de 2016

Arquivos relacionados Tamanho Assinatura digital do arquivo
BIOFEEDBACK MURAL DA PEC 65 329 Kb 45142eabe7a9a9cf15e4ce6a7395f39b
Listar Todas Voltar